Hommes

Trump anuncia produção de bombas nucleares e Estados Unidos teme contaminação radioativa

Em meio a polêmicas e tratados com a Rússia a ponto de expirar, presidente norte-americano propõe reiniciar a produção de bombas nucleares no país
Reading time 2 minutes
(Foto: Getty Images)

Há alguns dias Donald Trump foi, mais uma vez, um divisor de águas nos Estados Unidos e, consequentemente, no mundo todo quando propôs um 'investimento'' de de US$ 9 bilhões para a reiniciação da construção de bombas nucleares no país.

Apesar dos norte-americanos serem os que possuem o maior número de bombas de cunho nuclear espalhadas pelo mundo, sua produção é altamente inflamável e este foi o motivo para dividir o país em opiniões e fazer com que a população voltasse a temer o que houve há anos atrás, quando, logo após a Segunda Guerra Mundial, armas nucleares foram produzidas nos arredores da Carolina do Sul, empregando milhares de pessoas, mas como consequência, muita contaminação.

De um lado estão os que apoiam a ideia, alegando a geração de empregos necessária, ainda mais no momento em que vivemos; De outro, os defensores do meio ambiente, já que uma produção deixaria rastros tóxicos e radioativos. Há, também, um terceiro grupo. Os que temem por uma nova grande disputa entre Estados Unidos e Rússia, levando em consideração que o mais importante tratado de controle de armas atômicas com o país - o único que limitava o armamento dos dois inimigos, está a menos de um ano de expirar.  

Em um momento delicado em que o mundo enfrenta um frenesi gerado pela pandemia e polêmicas que parecem não ter fim, como você vê essa notícia?  Uma oportunidade ou ameaça?

Tags

posts relacionados

posts recomendados