Gucci x Forever 21: grife italiana e fast-fashion travam batalha judicial
Moda

Gucci x Forever 21: grife italiana e fast-fashion travam batalha judicial

Essa não é a primeira vez que a varejista é processada por marcas de luxo.
Reading time 2 minutes

A Gucci entrou com um processo contra a Forever 21 alegando que a fast-fashion copiou as suas marcas registradas, que são as listras “azul-vermelho-azul” e “verde-vermelho-verde” e agora trava uma batalha judicial contra a varejista, que é conhecida por se inspirar dos designs de grifes de luxo para elaborar algumas de suas peças.

A ação é o último passo da grife italiana depois de enviar várias notificações para que a Forever 21 parasse de produzir os itens que acredita ser cópias das listras padronizadas com as cores tradicionais grife italiana. “Gucci America traz esse pedido porque a Forever 21 desafiou suas marcas mais valiosas e conhecidas”, diz parte do processo ao qual o Business Of Fashion teve acesso.

Em contrapartida, a fast-fashion diz que a Gucci “não deveria ter permissão de, sozinha, ter o monopólio de todas as peças com as listras com as cobinações de "azul-vermelho-azul" e "verde-vermelho-verde". O uso de listras ou faixas coloridas nas roupas vendidas pela Forever 21 são ornamentais, decorativas e esteticamente funcionais”, alega a varejista.

Vale lembrar que não é a primeira vez que a fast-fashion é processada por, supostamente, copiar o design de outras grifes. Puma, Adidas, Anna Sui e Diane Von Furstenberg são algumas das marcas que já tiveram problemas judiciais com a marca.

posts relacionados

posts recomendados