Moda

Por que a top Halima Aden está abandonando o mundo da moda?

Depois de quebrar barreiras e virar ícone máximo da moda muçulmana, a modelo revela que percebeu que perdeu contato com o que ela realmente era
Reading time 2 minutes
Foto: Reprodução/ Instagram @halima

Ela revolucionou a indústria da moda e, agora está abandonando de vez sua carreira como modelo. Por que será que a top Halima Aden está tomando essa decisão? Aos 23 anos a muçulmana ganhou destaque mundial, se tornou a primeira mulher a estampar a capa da Sports Illustrated usando um hijab e trabalhou com marcas como Fenty Beauty, Yeezy, Max Mara e Alberta Ferretti. Mas, mesmo após quebrar diversas barreiras ela está se afastando do ramo. 

Em seus stories Halima conta que por sua decisão é por causa de motivos religiosos, revelando que conta dos trabalhos, ela se sentiu desconfortável em diversos momentos, chegando até mesmo a chorar no quarto de hotel após um shooting. “Mas estava com muito medo de falar. A verdade é que estava muito desconfortável. Isso não sou eu.”

 

“Só posso me culpar por me preocupar mais com a oportunidade do que com o que realmente estava em jogo. Eu me culpo por ser ingênua e rebelde. O que eu culpo a indústria é a falta de estilistas muçulmanas” conta a top. 

“Como já disse muitas vezes, ser uma minoria dentro de uma minoria dentro de uma minoria nunca é fácil” explica. Mas, ela só conseguiu reavaliar sua visão de tudo por conta o afastamento da indústria que ela teve por conta da pandemia.  “Olhando para trás agora, eu fiz o que disse que nunca faria. O que significa comprometer quem eu sou para me encaixar”.

 

Mas, isso não significa que ela não voltará nunca a trabalhar no ramo. “Se meu hijab não pode ser tão visível - eu não estou aparecendo, ponto final”. Então ela explica “este é o padrão para seguir em frente se você quiser trabalhar comigo. Venha corretamente ou não venha. Nada menos, nada mais”.

posts relacionados

posts recomendados