Moda

Quem são os novos "historiadores da moda" da era digital?

Descubra as contas e conheça mais sobre suas grifes favoritas
Reading time 3 minutes
(Foto: Reprodução/Instagram @prada.archive)

Um verdadeiro amante da moda entende a importância de compreender sua história, seja para acompanhar a evolução dos códigos de vestimenta ou até saber os primórdios de sua grife favorita. Assim, algumas contas em redes sociais ficaram famosas por justamente explorar esse lado de desvendar o passado e virar um verdadeiro arquivo para o futuro. Conheça os novos “historiadores de moda” a seguir:

@mcqueen_vault

Alexander McQueen foi um designer icônico, até hoje ele tem uma grande influência na moda e diversos seguidores fiéis, entre eles John Matheson que criou o @mcqueen_vault. No arquivo, ele expõe seus 25 anos de colecionismo, oferecendo uma visão detalhada tanto do trabalho de McQueen quanto de Sarah Burton, atual diretora criativa da casa.

 

@rarebooksparis

Esta conta não é dedicada a um designer ou uma marca, mas sim ao completo e complexo universo de livros de moda. Após trabalhar por mais de 15 anos como designer em Paris, o dono da conta, que não se identifica, possui uma vasta coleção de livros e divide com seus 84 mil seguidores uma compilação dos melhores.

 

@margiela.archive

Criativo e disruptivo Martin Margiela fez história. Para relembrar o trabalho do designer e de sua marca, Darius Fischbacher uniu arquivos desde os primórdios da casa e compartilha com seus seguidores, a fim de que as pessoas que estejam começando seus estudos de moda possam conhecer a herança da marca.

 

@archivings.stacks

O gosto por revistas da década de 1990, assim como alguns designers japoneses resultaram no archivings.stacks, criação de  Shahan Assadourian. Ao todo são diversos documentos que dificilmente chegariam à era digital e seriam perdidos ao passar dos anos, e que agora são compartilhados e divididos com uma abordagem leve.

 

@prada.archive

A fim de analisar o crescente impacto cultural de Miuccia Prada o prada.archive, criado por Nat Tong, traz uma análise comparativa das peças da fase de ouro da casa, que vai de 1998 até 2003, assim como esta estética se mantém em uma verdadeira crescente ainda hoje.

 

posts relacionados

posts recomendados