Pop culture

Ícone da fotografia brasileira, Vania Toledo morre aos 72 anos

A profissional já fotografou as principais celebridades nacionais
Reading time 3 minutes
Foto: reprodução/instagram

Um dos grandes ícones da fotografia brasileira, Vani Toledo morreu aos 75 anos nesta quinta-feira (16.05) em São Paulo. A artista já estava internada em um Hospital devido a complicações de uma infecção urinária.

Nascida em Minas Gerais, chegou na capital paulista em 1961. Antes de seguir a carreira fotográfica, trabalhou com livros didáticos, entre 1969 e 1979, e foi professora de história no Colégio Duque de Caxias, em Osasco, São Paulo, de 1970 a 1973.

 

 

Graduou-se em Ciências Sociais pela USP em 1973. Autodidata, começou a fotografar amadoramente, e se tornou pioneira no registro da noite paulistana. Iniciou a carreira de fotógrafa em 1978, como colaboradora do jornal Aqui São Paulo. Assumiu o posto de editora de fotografia em 1979.

Ganhou fama ao lançar o livro e exposição Homens em 1980, em que retratou 28 homens nus, entre eles Caetano Veloso, Ney Matogrosso, Nuno Leal Maia, Walter Franco e Roberto de Carvalho. Durante sua carreira, publicou quatro livros. Em 1981 abriu seu próprio estúdio, onde produziu fotos para as principais revistas mundo afora. Como forma de homenagem, selecionamos abaixo alguns de seus trabalhos mais memoráveis. Confira:

Tags

moda-brasileira
foto

posts relacionados

posts recomendados