Pop culture

Vento forte, ventania: Entrevista exclusiva com Isis Valverde

Isis Valverde é assim, doce e forte, suave e intensa. Mãe de Rael, assumiu as dores e as delícias da maternidade real. Entre elas, a crise entre retomar o trabalho que ama e deixar a cria em casa – ou com o pai, como foi o caso quando ela viajou a Paris para acompanhar a semana de moda a convite de Dior. Isis enfrentou com a coragem de uma mulher de seu tempo as críticas dos internautas e segue livre, linda, mãe e atriz. Ela traduz o momento em turbilhão na entrevista exclusiva e no poema, escrito de próprio punho, inspirada no ensaio que fez para L’Officiel
Reading time 6 minutes
Isis veste camisa, Dudalina; Vestido, Le Lis Blanc; e brincos, BÔ.BÔ

Ventanias 

Vento graúdo ou minguante. 

Vento meu que me despenteia, 

Espalha minhas verdades. 

Embebedada pelo vento Me despi de mim, me perdi. 

E foi de brisa que me vesti. 

Mas dela me refiz. 

E olha que grata surpresa: 

Voltei a ventar mais forte que nunca

 

L’OFFICIEL Como o feminismo faz parte da sua rotina?

ISIS VALVERDE Fui criada numa família de mulheres muito fortes. Minha avó e minha mãe sempre foram à frente do tempo delas e me ensinaram desde pequena a ser independente, lutar por direitos iguais e a não aceitar calada nenhum tipo de opressão vindo da estrutura machista em que sempre vivemos. Tenho um filho homem que pretendo educar, ao lado do André (Resende), da melhor forma possível, ensinando desde pequeno o que é a equidade entre homens e mulheres e a respeitar as dife - renças. Vou dar o melhor de mim.

1584052079806284 img4
Isis veste conjunto, Atelier Le Lis; Sapatos, Dudalina; E brincos, Rosa Chá

L’OFFICIEL Fale um pouco da nova maternidade, mais real, menos idealizada… 

IV Olha, eu acho fundamental a gente falar disso. Porque eu mesma fui uma vítima dessa romantização da maternidade. Ter meu filho foi a coisa mais maravilhosa e transformadora que já vivi, mas nada prepara você para isso. Você sente insegurança, medo de não dar conta, de não estar fazendo o melhor ou o certo. Ficamos com medo às vezes até de pedir ajuda para não sermos julgadas. Porque nessa idealização de maternidade você vira vítima de um julgamento constante e a gente tem que desconstruir isso. Eu gosto de contar minha experiência e minha forma de maternar sem pular os perrengues. Porque acho que isso pode ajudar muita gente.

 

L’OFFICIEL Como ela mudou a sua vida, emocional e profissionalmente? 

IV Acho que depois de ter um filho nada mais volta para o mesmo lugar. Você se transforma de uma maneira... Não tem mais como voltar a ser o que era. Eu me sinto mais forte, mas também mais sensível. Mais atenta ao outro e ao meu redor. Porque filho nos ensina muito isso: se doar, ser menos egoísta, se preocupar constantemente com o bem-estar daquele serzinho. E isso muda nossa relação com o mundo. Isso não quer dizer que temos que perder nossa identidade, mas nos redescobrirmos incluindo a maternidade e equilibrando todo o resto: profissional, relacionamento (casamento), vida social e autocuidado.

1584052086734811 img12
Isis veste casaco Salvatore Ferragamo; E brincos Carla Amorim

L’OFFICIEL Como foi voltar a trabalhar depois de Rael? 

IV Eu nunca pensei em parar de trabalhar, mas fiz tudo respeitando o nosso tempo. Eu me entreguei de corpo e  alma à maternidade, mas já me sentia pronta para voltar ao batente. Eu me nutro muito do meu trabalho, e preciso atuar para me sentir completa e plena. Ele está maior, tem um pai incrível que divide comigo essa tarefa e temos uma rede de apoio. Eu converso muito com o Rael mesmo sendo tão pequeno. Acho que em algum nível ele entende quando eu digo que vou trabalhar, mas volto logo. 

1584052094687764 img25
Isis veste casaco e bolsa Salvatore Ferragamo; E brincos Carla Amorim

L’OFFICIEL A maternidade mudou sua forma de aceitação do corpo? 

IV Eu acho que você fica impressionada como corpo pode ser tão potente e perfeito. Gerar uma vida me fez descobrir uma força que eu nem sabia que tinha. Isso muda a forma como passei a me enxergar e também meu corpo.

 

L’OFFICIEL Você foi viajar e deixou o bebê com o pai. Recebeu críticas nas redes sociais?

IV Eu recebi muito apoio na verdade. Porque isso virou uma manchete e nem deveria ser, já que dizer que um pai está cuidando do próprio filho não pode ser uma novidade em 2019. E muitas, muitas pessoas, especialmente mulheres, se indignaram por isso ter virado uma notícia. Mas achei bom ter ocorrido porque abriu espaço para um debate amplo e acho que fez muita gente refletir e repensar conceitos machistas. André é meu sócio na nossa família, meu parceiro na criação do nosso filho e a responsabilidade de cuidar dele é de nós dois. 

1584052102142222 img27
Isis veste camisa Dior

L’OFFICIEL Qual a sua relação com a moda? Você estava agora na semana de moda de Paris. 

IV Adoro moda cada vez mais. Para mim, é uma expressão artística e me inspira sempre. Estou aberta a conhecer e experimentar peças e saber de novos estilistas, releituras, mas sempre respeitando minha própria identidade, o que eu gosto e me sinto bem em usar. É sempre muito especial ir à PFW. A cidade, que eu amo fica ainda mais interessante, com essa energia criativa e gente do mundo todo. 

1584052115867762 img32
Isis veste vestido Atelier Le Lis Blanc

L’OFFICIEL Moda e sustentabilidade, na sua opinião, podem conversar? 

IV Podem e devem. Li o lema da Vivienne Westwood, que para mim é a definição perfeita de como temos que encarar a moda e a nossa relação com o consumo: “Buy less, choose well, make it last”. Compre menos, escolha melhor e faça durar. Eu adoro investir em peças que sei que repetirei, usar clássicos. Acho, na verdade, uma bobagem isso de não poder repetir roupa. Até a princesa Kate (Middleton) repete roupa e não há atitude mais sustentável. Também adoro um brechó. E acho que não tem nada mais legal que ressignificar peças e renovar a energia trocando, doando, comprando algo que já tem a história.

1584052126491198 img341584052126852100 img36
1584052298919634 img381584052299383303 img40
Isis usa blazer, calça e tricô Dudalina; Saia BÔ.BÔ; E brincos Rosa Chá

Edição de moda: Yumi Kurita 

Foto: Guilherme Nahban (Heitor Botini)

 

ASSISTENTE DE FOTOGRAFIA Luiz Fernando Bentes 

PRODUÇÃO DE MODA Fernanda Garcia 

CAMAREIRA Mag BELEZA Carla Biriba (One Stop Mgt) 

ASSISTENTE DE BELEZA Rhuan Costa 

PRODUÇÃO EXECUTIVA Marilia Aby 

TRATAMENTO DE IMAGEM Helena Colliny 

AGRADECIMENTO Unique Garden Hotel & Spa

1584052139517728 img44
Isis veste camisa e pochete, Dior; Calça, Gucci; E botas, Fendi
1584052144550307 img46
Isis veste camisa, Dudalina; e Brincos BÔ.BÔ
1584052149360598 img50
Isis usa vestido, Valentino
1584052163398593 img52
Isis veste vestido, Valentino
1584052168787238 img65
Isis veste camisa, Louis Vuitton; Vestido, Carolina Herrera; E botas, Fendi
1584052178029355 img67
Isis veste camisa, Louis Vuitton; Vestido, Carolina Herrera; E botas, Fendi

Tags

isis-valverde

posts relacionados

posts recomendados