Viagem

Bons vinhos e natureza estonteante: um paraíso logo ali!

Alguns dos melhores vinhos do mundo, culinária impecável, sossego e natureza de tirar o fôlego! Ainda em clima de feriado de Carnaval e Valentine’s Day, um destino imperdível para casais.
Reading time 4 minutes

Que a Argentina é um dos destinos favoritos dos brasileiros todos já sabem e os motivos por trás disso não são poucos: uma grande diversidade de cenários, cidades que investem muito em turismo, uma cultura que recebeu influências europeias e uma culinária deliciosa.

Mas talvez nem todo mundo já tenha ouvido falar sobre Mendoza, cidade localizada a Oeste do país e aos pés da Cordilheira dos Andes e que últimamente virou um destino muito procurado especialmente por casais em busca de todas essas particularidades, mas principalmente em busca de paisagens naturais estonteantes e do famoso roteiro de algumas das vinícolas mais famosas do mundo.

A ideia da viagem é se hospedar em um hotel bem aconchegante onde se possa descansar e desfrutar do clima mendocino um tanto quanto particular: manhãs e tardes de céu azul limpo e muito sol com temperaturas muito agradáveis - inclusive no verão que é muito fresco; e noites de céu completamente estrelado e temperatura fria, mas bastante acolhedora.

As opções de lugares para ficar, nesse sentido, são diversas, mas vale a pena destacar o mais novo luxury hotel Rosell Boher Lodge construído por uma família tradicional da região dentro de sua própria vinícola que desde 1900 produz vinhos excelentes e um dos espumantes considerados como um dos melhores do país e da América Latina, ambos com a mesma marca do hotel.

Os quartos e vilas (de arquitetura e bom gosto ímpares e extremamente confortáveis!) localizam-se literalmente dentro da plantação, o que faz do amanhecer e anoitecer espetáculos imperdíveis à parte. O hotel conta ainda com instalações como jacuzzi e lareira em terraços voltados para os vinhedos, uma piscina comum com vista incrível e um restaurante com pratos deliciosos. Por fim, vale mencionar que o atendimento dos funcionários do local é excepcional, o que é só mais um dos motivos para tornar o último dia de viagem ainda mais difícil.

Antes de esse dia chegar, porém, a proposta é começar os passeios para conhecer o processo de fabricação dos melhores vinhos argentinos pela manhã e terminar por volta das 18h-19h da noite, depois de um belo almoço com vista para os Andes e acompanhado das famosas degustações de tintos, brancos e rosés.   

Além desse roteiro mais tradicional, também vale a pena buscar as possibilidades de passeios ao ar livre já que a região possui diversos parques, rios, lagos, montanhas nevadas e regiões de deserto. Para os amantes de esportes e belas paisagens, é possível realizar, por exemplo, rafting ou kite surf no verão, passeios a cavalo na região dos lagos azuis de Porterillos ou o tour pelas montanhas em que se visitam alguns dos principais pontos turísticos da Cordilheira dos Andes ao longo da estrada que liga a Argentina ao Chile.

À noite, os casais (e demais turistas!) mais animados podem optar por deixar o hotel e curtir os bares e ótimos restaurantes no centro histórico da cidade.

Não deixe de conferir todas as fotos abaixo! 

 

*Mais algumas dicas especiais:

Vinículas e restaurantes que mais valem a pena:

-Vinícolas para visitar:

Bodega Pulenta Estate

Bodega Andeluna

Bodega Salentein.

 

-Vinícolas para visitar e almoçar:

Bodega Catena Zapata

Bodega Lagarde

Bodega Piedra Infinita (Família Zuccardi)

Bodega El Inimigo

 

-Demais restaurantes imperdíveis:

Restaurantes 1884 e Siete Fuegos do chef Michelin Francis Mallmann

Restaurante Azafran (localizado no centro da cidade)

 

 

 

posts relacionados

posts recomendados