Viagem

Chile de Norte a Sul: Patagônia e Atacama em 10 dias

É possível visitar a Patagônia e o Atacama numa única viagem de dez dias, com paisagens espetaculares e conforto na medida perfeita
Reading time 7 minutes

Dois extremos no Chile: norte e sul, de terras remotas e paisagens surpreendentes. No norte, deserto avermelhado, formações geológicas milenares, gêiseres, vulcões e salares: Atacama. Na pontinha sul, bosques, geleiras, maciços e lagoas azuis: Patagônia. Em comum, um céu azul inacreditável.

Explorar e desmistificar destinos assim, tão inóspitos, já foi tarefa apenas dos mais aventureiros. Hoje, porém, é acessível aos viajantes exigentes, com conforto na medida. Melhor ainda é conhecer os dois numa única viagem de dez dias.      

Há 25 anos, um chileno visionário, apaixonado por seu país e as belezas naturais ali encontradas, aficionado pela ideia de levar pessoas a lugares ermos, mais distantes da realidade das grandes cidades, decidiu criar um dos primeiros lodges com conceito na América do Sul. Assim nasceu a marca explora, que, em 1993 inaugurou o explora Patagonia. Não, não é erro de digitação. O nome é mesmo escrito em letras minúsculas, mesclando excelência e aventura, convidando viajeros a descobrir o entorno com toda a infraestrutura.

Com quatro hotéis, sendo três no Chile e um no Peru, o grupo segue buscando lugares únicos e especiais para continuar a difundir novas maneiras de desvendar as maravilhas da natureza.

1549650179890901 c4d7f5ec f939 4921 9fd6 c86d063b76e01549650179886834 c0dc563b 884a 4328 a66e 44eded7b3d66

LAGOS E MONTANHAS

A 1h30 de carro desde Puerto Natales está o Parque Nacional Torres del Paine, cujo coração abriga o explora Patagonia. Às margens do Lago Pehoé, o hotel tem muita madeira, e recebe com charme e pequenos mimos. Lá não há o problema de altitude associado às montanhas: quase todos os passeios começam a cinquenta metros sobre o nível do mar. Entre caminhadas e cavalgadas, o explora te leva a desbravar esse parque com aproximadamente 227 mil hectares.

1549650233583256 37908cd0 1e65 47be 9a07 3cb21c13b9ca1549650233619483 dc424156 2bd7 4211 aa82 2e1ca245a12c
1549650233696710 9dfdbb57 5834 4751 bf06 d71fb4189e94

Nos famosos pampas (planícies) se encontram desde guanacos (graciosos camelídeos parentes das lhamas do Peru) até o enigmático e temido puma. Raposas, ñandus, tatus, gambás e o grande condor também fazem parte do cenário. Aos que preferem terras mais verdes, o oeste do parque abriga bosques nativos, onde é grande a chance de ver pássaros como o pica-pau.

1549650251575099 1a991f1a e99a 422a 86b3 b41621648c051549650251643816 151c8bfb 655b 4211 876a c6c4b3fad1b5
1549650251632785 b37256f8 d97d 4539 adc1 17c74778fa361549650251710203 a1e4d4fd 7da8 4a47 9ff7 1afe3513c481

A região possui mais umidade devido à proximidade com a terceira maior massa de gelo do mundo: o Campo de Gelo da Patagônia Sul. Lá há também glaciares: alguns terminam num grande lago, como o Glaciar Grey, e glaciares de montanha, como o Frances e o Paine Grande, que podem ser admirados da janela do quarto.

Não é preciso ser atleta para participar das atividades. No menu de explorações do lodge, há caminhadas que vão de 3 a 28 km, com desníveis variados. A cada passo há um novo mirante e paisagens de tirar o fôlego. Além de fazer trekkings, é possível cavalgar. Os cavalos, grande paixão do fundador do explora, são criados pelo próprio hotel em Colunquen, próximo a Santiago, onde está se desenvolvendo um cavalo de raça explora, manso, com trote e galope suaves. As cavalgadas se dão na companhia dos gaúchos, cowboys da Patagônia, que sempre têm em mãos um bom mate.

1549650568320788 img63

Outra grata surpresa típica: de outubro a abril, o explora oferece o quincho, churrasco para se degustar o  famoso cordeiro patagônico. Programe-se para visitar a Patagônia: as estações do ano são bem marcadas. A primavera marca a chegada do amarelo dos dentes de leão e mata-barrosas e do verde das folhas das árvores. Regressam o canto dos pássaros e os filhotes dos animais.

No verão, as temperaturas são agradáveis e é quando a “terra dos ventos”, como é conhecida a região, mostra a sua cara. Além disso, os dias são longos – duram aproximadamente das 4h30 às 23h30. O outono chega trazendo lindos tons de amarelo, laranja e vermelho das folhas das árvores, e temperaturas mais frescas. O inverno é para os amantes do frio, da geada e da neve – vá preparado! Vestir-se em camadas, como cebola, é o segredo para aproveitar melhor o paraíso natural. Capa para chuva e vento é obrigatória na mala, assim como tênis para trekking, protetor solar e boné. Mas não importa a época do ano, a Patagônia é sempre exuberante.

1549650591374802 img881549650635871281 img71

DESERTO

A viagem continua para o norte chileno, e o dress-code é o mesmo: vista-se para a aventura! Desembarcar entre as areias do Deserto de Atacama é algo inesquecível. A primavera e o outono, estações transitórias, são as melhores épocas para a visita ao local.

É em San Pedro de Atacama que fica o explora, com atmosfera de fazenda, simplicidade e charme, com toques do colorido artesanato típico da região. O que mais impressiona no Atacama é a diversidade de paisagens. Cada passeio revela um novo cenário e uma história diferente.

1549650599231052 img96

E aqui, sim, há altitude: San Pedro fica a 2400 metros acima do nível do mar, e alguns passeios são ainda mais altos, como os Geysers del Tatio: são 4300 metros. Portanto, é bom começar devagar e deixar os passeios aos pontos mais altos para o final. Entre os programas (a pé, a cavalo ou de bicicleta), vale a pena a caminhada Vale dos Cactos, entre desfiladeiros, atravessando os rios e com um pôr do sol lindo, com direito a um aperitivo te esperando.

1549650646171632 img79

O trekking à Quebrada de Cari também é imperdível: são imensas as formações geológicas e você se sente pequenininho diante de tanta beleza. Já nas Termas de Puritana, é indescritível a sensação de entrar nas piscinas naturais de água quentinha e transparente e tomar um drink ali, no meio do nada, depois da caminhada. O explora está a poucos minutos a pé da rua principal de San Pedro, e é uma delícia passear e ver as lojinhas de artesanato, com as cores vibrantes das mantas e tecidos.

1549650651875883 img92

De volta ao lodge, o churrasco com dança e música tradicionais é uma experiência única. No final da noite, opte por um drink na frente da lareira: a chance de fazer amigos e compartilhar com os viajeros as vivências que só quem se aventura pelo mundo coleciona.

1549650659482724 img94
1549650665493683 img74
1549650670867668 img90

posts relacionados

posts recomendados