Wellness

Eterna primeira-dama: Michelle Obama desabafa sobre aborto espontâneo

Michelle Obama, a eterna primeira-dama americana, desabafa sobre aborto espontâneo em entrevista – "jovens mães precisam saber que é algo que acontece".
Reading time 2 minutes

Michelle Obama está em turnê de divulgação de seu livro de memórias "Minha História", já disponível nas livrarias do país.

Em entrevista ao programa Good Morning America, a eterna ex-primeira-dama desabafou sobre ter sofrido um aborto espontâneo, antes do nascimento das duas filhas, há 20 anos.

Michelle quer desmitificar o assunto por uma boa razão: para as mulheres saberem que não estão sozinhas – é algo que pode acontecer.

"Me senti perdida, sozinha e achava que havia falhado. Não sabia o quão comum são os abortos espontâneos porque ninguém fala sobre isso. Ficamos cozinhando nossa própria dor, achando que temos algo errado em nós. Por isso é importante falar com jovens mães sobre o assunto".

A advogada também fala sobre o assunto no novo livro. Depois do aborto, ela e Barack Obama tentaram fertilização in-vitro e sucederam – são pais de duas filhas, Malia e Sasha, 20 e 18 anos, respectivamente.

"O relógio biológico é real, porque a produção de óvulos é limitada – percebi isso de 34 para 35 anos. Essa pode ser a pior coisa que fazemos umas com as outras: não dividir a verdade sobre nossos corpos, como eles podem ou não funcionar".

Outras mulheres famosas já tocaram no assunto em outras ocasiões: Beyoncé já assumiu ter tido um aborto, Kim Kardashian concebeu o terceiro filho por barriga de aluguel e Chrissy Teigen também fez fertilização in vitro.

sss

Fotos: Getty Images

posts relacionados

posts recomendados