Wellness

Proteína à base de planta? Um guia sobre a queridinha dos veganos

Quais são seus benefícios e como elas podem ser incluídas nas refeições do dia a dia?
Reading time 9 minutes
Foto: Reprodução / Instagram @camilacoelho

Reduzir o consumo de carne no dia a dia e seguir uma dieta vegetariana ou vegana é mais do que apenas alimentação, é um estilo de vida que rapidamente vem ganhando adeptos ao redor do mundo. Mas afinal o que essas pessoas podem ou não comer? Ainda que não pareça, esse tipo de alimentação possui uma grande variedade ingredientes e soluções saborosas para suas refeições do dia a dia.  

1598294491209916 91270576 2487783571471259 3272893886541872247 n
Foto: Reprodução / Instagram @slipintostyle

A dieta vegetariana é definida como aquela que exclui o alimento carne, podendo incluir ou não ovos e leite. Dependendo da inclusão ou exclusão dos derivados animais, a dieta recebe uma terminologia específica:

● Ovo-lacto-vegetariana (inclui ovos, leites e derivados)

● Ovo-vegetariana (inclui ovos)

● Lacto-vegetariana (inclui leites e derivados)

● Vegetariana estrita (não inclui nenhum produto de origem animal)

1598294534930613 115812988 1186260458416993 7227780691705749469 n
Foto: Reprodução / Instagram @alyssainthecity

Vegana, definida pela Vegan Society como "um modo de vida que busca excluir, na medida do possível e praticável, todas as formas de exploração e crueldade contra os animais para fins de alimentação, vestuário ou qualquer outro propósito".

Academia de Nutrição e Dietética afirmou que uma dieta vegetariana ou vegana pode fornecer todos os nutrientes essenciais para crianças, adolescentes, adultos, gestantes e nutrizes. Porém, obter proteína, cálcio, ferro e vitamina B-12 pode ser um pouco mais difícil. Por isso, planejar é fundamental para garantir um aporte adequado e evitar deficiências.

Feijão, tremoço, linhaça, cânhamo, trigo sarraceno, quinoa e soja, oferecem boas alternativas à proteína animal e contribuem para aumentar a diversidade da alimentação. Para a nutricionista Adriana Stavro, do ponto de vista nutricional, os aspectos mais importantes de uma fonte de proteína são sua composição de aminoácidos essenciais (AA) e digestibilidade. Confira algumas opções!

1598294600923374 117562601 300341044530256 9164181275150752267 n
Foto: Reprodução / Instagram @aimeesong

Tofu

Conhecido como queijo de soja, é um alimento produzido com extrato do grão orgânico ou não. É fonte de cálcio, proteínas de alto valor biológico, pois contém todos os AA, além de ferro, magnésio, potássio, zinco, fósforo, vitaminas do complexo B (B1, B2, B6) e vitamina E. Uma fatia (40g) oferece em média 3g de proteína (o teor de proteínas varia de acordo com a forma como a soja é preparada).

Como é sem sabor, pode ser preparado com temperos variados ou ser adicionado a quase todo tipo de preparação, resultando em deliciosos pratos, e até mesmo em sobremesas deliciosas.

1598294958245308 free to use sounds wcw5ymeo 3i unsplash
Foto: Unsplash

Tempeh

Feito a partir de grãos inteiros da soja, em 275g fornece em média 40g de proteínas. Por isso é considerado uma ótima opção para quem quer diminuir o consumo ou até mesmo substituir a carne e outras fontes de proteína animal.

Versátil e nutritivo, é fácil de incorporar à sua dieta. É tipicamente marinado ou temperado para aumentar o sabor, depois assado, cozido no vapor ou refogado e adicionado aos pratos.

1598295011458816 ella olsson pb9afvr9 bk unsplash
Foto: Unsplash

Edamame

O feijão Edamame é a soja integral e imatura. São verdes e diferem na cor da soja comum, que geralmente é marrom ou bege. Os feijões de Edamame são frequentemente vendidos enquanto ainda estão envoltos em suas vagens, que não devem ser consumidas. Você também pode comprar sem as vagens. Fornece vitaminas, minerais e fibras. Em uma xícara de chá (155g) possui 18,5g de proteína em média.

1598295096605053 jade wulfraat yxnpotkky94 unsplash
Foto: Unsplash

Lentilhas

Saudável e nutritiva, a lentilha possui fibras, proteínas, sais minerais como potássio, magnésio e vitaminas B9 e B6. Além da preparação tradicional, podem ser colocadas em saladas e sopas. Uma porção de 60g de lentilha crua (1/2 xícara de chá) contém em média 14g de proteína.


 

 

1598295183885001 sigmund b2br05q9acc unsplash 1
Foto: Unsplash

Grão de bico

Grão-de-bico é rico em proteína, ácido fólico, vitaminas do complexo B além das vitaminas K, E e C. Versátil, o grão de bico pode ser usado de várias formas, como petiscos, saladas, patês (humus) lanches e até em doces. Uma porção de 50g de grão-de-bico cru (1/2 xícara de chá) possui em média 13g de proteína.

1598295242822086 edgar castrejon 1spu0kt ejg unsplash
Foto: Unsplash

Amendoim

O amendoim é rico em proteínas, vitamina E, magnésio, folato, cobre, fósforo, fibra, niacina e manganês. 15g (1 colher de sopa) possui 4g de proteína.

1598295421083502 anshu a 9inuknupymk unsplash
Foto: Unsplash

Quinoa

Uma porção com 45g (1/4 xícara de chá) fornece 6g de proteína, fibras, ferro, tiamina, cobre e vitamina B6. Também é considerada uma excelente fonte de fósforo, manganês, magnésio e folato. Portanto, a composição incomum e o equilíbrio excepcional de proteínas e gorduras, juntamente com minerais, antioxidantes, vitaminas e ácidos graxos, fazem dela um alimento muito saudável. Após cozida, a quinoa pode ser usada em risotos, saladas, recheios ou como acompanhamento das refeições diárias.

Chia

As sementes de chia provêm da planta Salvia hispanica L. e é uma das principais culturas alimentares no México e na Guatemala. Rica em Gordura poli insaturada, como ácidos graxos ômega-3, fibras, proteína, cálcio, fósforo, zinco. Duas colheres de sopa (28 gramas) contêm cerca de 140 calorias, 4g de proteína, 11 gramas de fibra, 7 gramas de gordura insaturada. Eles são a fonte vegetal mais rica em ácidos graxos ômega-3.

As sementes de chia são uma proteína completa, contendo todos os 9 AA que não podem ser produzidos pelo organismo. É um ingrediente altamente versátil, com nenhum sabor distinto, por isso não compete com outros ingredientes.

Dicas:
● Polvilhe algumas colheres de chá em saladas, sopas, iogurtes, frutas (quentes ou frios).

● Inclua em molhos para salada, marinadas ou massa de bolo, muffin e pão.

● Use o gel de chia como espessante adicionado a smoothies, pudins e sopas (misture o gel com esses alimentos depois de preparados ou cozidos).

1598295523685414 ash edmonds 9uuyik6vy3m unsplash
Foto: Unsplash

Amêndoas

É um alimento rico em calorias, mas também fonte de vários nutrientes. Uma porção de ¼ de xícara de chá (+ ou - 28g) possui 165 calorias, 6 gramas de proteína, 14 gramas de gordura (80% monoinsaturada, 15% poli insaturada e 5% saturada), 6 gramas de carboidrato e 3 gramas de fibra.

1598295577844985 alisha hieb ww6b0mwplc unsplash
Foto: Unsplash

Spirulina

Spirulina é uma alga verde azulada que geralmente é consumida na forma de pó ou suplemento. Conhecida pelo seu valor nutricional, fornece vitamina A, C, E e B, além dos minerais como cálcio, magnésio, zinco, ferro e selênio. Em particular, a vitamina C e o selênio são antioxidantes e ajudam a proteger células e tecidos. Em uma colher de sopa (7) possui 4g de proteína (em média).

Sementes de cânhamo

Assim como as sementes de chia, as sementes de cânhamo são uma proteína completa, possui os 9 AA. Oferece 5g de proteína por colher de sopa. Eles podem ser usados de maneira semelhante às sementes de chia.

1598295649364140 k8 x471nntvlgc unsplash
Foto: Unsplash

Feijão

Relativamente baratos, é um alimento com baixo índice glicêmico, rico em proteínas e fibras. Devido à sua textura, o feijão (assim como outras leguminosas lentilha, ervilha, grão de bico) podem substituir alimentos proteicos de origem animal em uma variedade de preparações. Além disso, seu sabor neutro o torna versátil para misturar com outros ingredientes e combinar facilmente com uma variedade de temperos.

De acordo com a Tabela de Composição Química dos Alimentos da Unifesp, 100 gramas de feijão cozido apresentam 8,6g de proteína.

1598295700215184 tijana drndarski od7h j vjm4 unsplash
Foto: Unsplash

Ser vegano ou vegetariano exige planejamento. No entanto, as pessoas que evitam produtos de origem animal podem manter dietas equilibradas que apoiam um corpo saudável e reduzem os riscos de algumas doenças. É importante discutir a alimentação com um médico ou nutricionista, pois pode haver a necessidade de suprir alguns nutrientes.

 

1598294697746414 117624530 701082720507633 3195595199277898596 n
Foto: Reprodução / Instagram @carodaur
1598294647641371 118146039 2117656691712595 9195027022530406705 n
Foto: Reprodução / Instagram @aimeesong

Tags

proteina
vegan
vegetal
vegetarian
soja
food
saudavel

posts relacionados

posts recomendados