Moda

5 marcas independentes criadas por mulheres

Elas decidiram seguir seus próprios caminhos e fundaram marcas inspiradoras.

Ainda é pequeno o número de mulheres que ocupam cargos de liderança em empresas – dentro e fora do mundo da moda. De acordo com a pesquisa International Business Report (IBR) - Women in Business, de 2016, elas estão em apenas 19% dos cargos de alto escalão das empresas brasileiras (a média global é de 24%). Para muitas, é difícil entrar no mercado, frequentemente dominado por homens e com as portas fechadas para a diversidade. Quando adicionamos os fatores de raça, peso e idade na equação, a exclusão é ainda maior. 

Pois é aí que entra a importância do empreendedorismo feminino: ao criar sua própria empresa, a mulher é quem dá as cartas e toma todas as grandes decisões. Por aqui, temos bons exemplos de mulheres que decidiram seguir seus próprios caminhos e fundaram marcas inspiradoras. A seguir, contamos mais sobre 5 delas, que contam com mão de obra local e são puro girl power.

Loja Prosa

Depois de trabalhar durante anos como diretora de arte e ilustradora, a pernambucana Carolina Burgo decidiu levar seu talento para a ilustração ao mundo da moda – assim nasceu a Prosa. O carro-chefe da loja online são as estampas colorídissimas criadas por Carol, que aposta em modelagens mais básicas e democráticas. As roupas são perfeitas para compor um look confortável, mas com personalidade.

Captura de Tela 2017-03-08 às 18.14.30.png
Captura de Tela 2017-03-08 às 18.15.09.png
Captura de Tela 2017-03-08 às 18.17.06.png

Evna

A Evna surgiu da paixão de Talita Rubinho pelas pedras brutas. Ela cuida de cada etapa da empresa – desde a concepção e criação dos acessórios até a parte administrativa e financeira do negócio. Como são feitos a partir de pedras naturais, os colares e anéis da marca nunca saem uns iguais aos outros – cada peça é única. Entre as matérias-primas mais usadas pela paulista, estão a pirita, os cristais e a chapa de ágata. Você pode fazer encomendas ou comprar as peças à pronta entrega no site

Captura de Tela 2017-03-08 às 18.02.33.png
Fotos: Felipe Rubia
Captura de Tela 2017-03-08 às 18.03.12.png
Captura de Tela 2017-03-08 às 18.02.53.png

Aro Swimwear

Esqueça tudo o que vem à mente quando você pensa em moda praia. A Aro é praticamente o oposto dos biquínis em tamanho mini com estampas tropicais e cores vibrantes. Criada por Danielle Cavalher e Isadora Ferrari, a marca carioca segue um estilo minimalista, mas com zero caretice – a ideia, segundo as fundadoras, é criar peças que transitam entre a rua e a areia. A grade de tamanhos da marca é bem democrática: atende do 36 ao 50. 

13522468_1608775002785359_94312160_n_1024x1024.jpg
newlaje224_1024x1024.jpg
maio macaquinho canela-areia_63.JPG

Svetlana

Vegana, feminista e engajada. Assim é a Svetlana, criada por Mariana Iacia. Depois de trabalhar com Stella McCartney, que também é adepta das matérias-primas cruelty free em suas criações, a carioca decidiu fundar sua própria marca. Envolvida com diversas ONGs, como a Casa Nem e a RISO, a estilista tem ainda uma parceria com a ONG Entre Amigas, que ajuda a resgatar a autoestima das mulheres e inseri-las no mercado de trabalho. Algumas delas fazem parte da produção das roupas da Svetlana – incrível, não? 

34006cinza.jpg
Captura de Tela 2017-03-08 às 19.09.19.png
0919offw.jpg

SRI Clothing

Ana Cristina Agra é estilista e dona da da SRI Clothing, marca carioca que tem um estilo único e que, não à toa, bomba no Instagram. As roupas têm uma forte inspiração futurista – pense em tecidos holográficos, peças de plástico e metalizados. Por aqui, nós adoramos as jaquetas bomber, que frequentemente ganham paetês e mensagens feministas, e os maiôs, nada básicos e em cores díficeis de se encontrar por aí. 

Captura de Tela 2017-03-08 às 18.42.23.png
Captura de Tela 2017-03-08 às 18.38.28.png
Captura de Tela 2017-03-08 às 18.37.55.png

posts relacionados

posts recomendados