Isabel Hickmann conta como transformou seu corpo com a corrida; vem saber!
Beleza

Isabel Hickmann conta como transformou seu corpo com a corrida; vem saber!

Com 7 desfiles na última temporada da SPFW, a top revelou sua rotina para ficar saudável e em boa forma.
Reading time 6 minutes

Conhecida por seu trabalho na moda mundial e por ter um dos corpos mais elogiados da passarela - ela acabou de participar da última edição da SPFW com sete desfiles - Isabel Hickmann já é uma modelo consolidada e que adotou a corrida como esporte para manter a forma. Em bate-papo com a L’Officiel Brasil, a top conta como o esporte entrou em sua vida e como faz para cuidar da saúde.

Por que você começou a correr?

Nunca fui adepta de esportes, educação física não era meu forte na escola. Comecei a correr por necessidade de manter o corpo na profissão. Isso com vinte anos de idade. Em Nova York comecei a me animar porque lá as pessoas correm muito. Quando treinava percebia que podia fazer mais com minhas pernas compridas e finas. Foi assim que comecei a correr, por incentivo de outras pessoas correndo ao meu lado. Sozinha fui criando resistência e aumentando meu tempo e distância. Errei muito também, então sempre aconselho o acompanhamento de um profissional para saber se pode e como deve correr. Atualmente eu pratico a corrida e um pouco de funcional para ganhar força muscular e deixar tudo em dia.

Como você acha que a corrida transformou o seu corpo?

Hoje eu posso comer o que eu quiser que eu sei que não terei problemas no dia seguinte. Embora esteja em um momento de cuidado com minha alimentação também, posso comer em grandes quantidades que estarei bem para um trabalho de biquíni no dia seguinte. Isso tudo por conta da corrida. Eu sempre tive problemas de retenção de líquido, uma gordurinha abdominal que é terrível de eliminar. Os inchaços foram embora e a gordurinha eu nem lembro mais como era. A corrida é um ótimo exercício aeróbico.

Além de te ajudar fisicamente a manter o corpo, você acha que a corrida te ajuda em outros aspectos da vida e do trabalho?

A corrida foi a descoberta de uma terapia pra mim, pois levo minha mente para um lugar muito melhor. Também ganho disposição e faço meu dia ser bem diferente depois do treino. Endorfina pura. Muitos não acreditam ou acham que sou louca, mas até para sair na balada um treino de corrida vem bem. Dá aquele up antes da pista de dança. Fora isso, força cardíaca e fôlego para largar o cigarro. Foi tudo isso que a corrida trouxe para mim, mas ressalto que essa é uma conquista que vem a longo prazo, com muito esforço e anos de dedicação.

Qual é a sua rotina de exercícios físicos atualmente?

Tento correr pelo menos 5 vezes na semana. Vario entre treinos de longa distância, treinos de explosão e dias que considero de descanso, com uma corrida devagar de 30 a 45 minutos. Pelo menos 2 vezes na semana tento fazer um treino de funcional, com foco para o bumbum e alongamento.

É verdade que você se tornou vegetariana?

Comecei o processo há alguns anos, morando fora do Brasil onde a carne não é saborosa como aqui e também muito cara. Não comer carne se tornou um hábito por esse motivo. Mas não posso dizer que sou vegetariana porque de vez em quando ainda consumo peixe e até posso comer uma carne vermelha um dia. Como uma boa gaúcha, eu amo carne, mas por diversos motivos a tirei da minha alimentação, como não gosto de radicalismo quando se trata de comida, é provável que eu aprecie um hambúrguer quando a vontade vier. Na minha casa, a geladeira é vegetariana e quase 100% orgânica.

Quais as diferenças que você notou no seu organismo depois de diminuir a carne da sua dieta?

Me sinto muito mais leve. Minha digestão se tornou mais fácil, tenho mais disposição depois das refeições e até o cheiro da minha pele mudou. Não tenho mais problema com acne e sinto que minha pele está mais viva, com brilho. Além de carne, parei de consumir leite de vaca e acho que grande parte das mudanças aconteceram por isso também.

Qual é a sua dica para quem quer começar a correr, mas tem preguiça ou ainda não criou coragem?

Primeiro, buscar um profissional para saber se pode e como deve correr. Não é um esporte simples, apesar de ser um dos mais acessíveis para todo mundo. Um despreparo pode trazer muitos problemas e isso ninguém quer. Vale lembrar também que os resultados aparecem depois de algum tempo, então a força de vontade para o iniciante é fundamental. Depois que pegar o embalo e sentir as mudanças, você não vai mais querer parar. Percebo que muitos falam que estão com a vida muito corrida e não conseguem tempo para a prática de esporte. Dão importância à sua empresa, à sua família, à sua vida social, mas esquecem que o corpo precisa desse momento para funcionar melhor. O sedentarismo é um problema de saúde pública e não vejo motivos para as pessoas não gostarem de mexer o corpo.

Qual é o segredo para manter uma rotina de exercícios físicos regrada?

Gostar do que faz. Procurar um esporte que seja prazeroso. Que seja uma simples caminhada, uma aula de dança, um futebol. Mexer o corpo é fundamental pra ele funcionar bem. Incluir isso na rotina, marcar na agenda como qualquer outro compromisso e não desanimar com um dia frio ou uma ressaca de fim de semana. O exercício cura até isso.

/

Fotos: Ita Mazzutti, Lucas Fonseca e Wallace Domingues

posts relacionados

posts recomendados