Cultura

A série de escândalos sobre assédios em Hollywood vai virar filme!

O roteiro contará a história dos repórteres do jornal New York Times que desmascararam o magnata de Hollywood, Harvey Weinstein
Reading time 2 minutes

No dia 5 de outubro de 2017, o jornal americano The New York Times revelou dezenas de histórias de atrizes que foram assediadas por Harvey Weinstein. O produtor famoso foi acusado por grandes nomes do cinema como Angelina Jolie, Gwyneth Paltrow, Ashley Judd, Salma Hayek Rose McGowan, e que tinha pelo menos oito acordos não divulgados com mulheres que envolvem "assédio sexual e contato físico indesejado".

 

As revelações geraram uma onda de indignação e mais acusações e exposições de outros nomes da indústria não só do cinema, mas também da música e da moda, criando o movimento #MeToo. Agora, a história vai parar nas telonas. 

 

Ao contrário do longa Spotlight , que conta a história dos jornalistas investigativos do Boston Globe em 2001, a história de Harvey Weinstein não vai esperar décadas para se tornar um filme. Os repórteres investigativos por trás dela, Jodi Kantor e Megan Twohey, foram homenageados pelas 100 pessoas mais influentes da Time e receberam recentemente um Prêmio Pulitzer pelo serviço público. Além de todos esses prêmios, sua história sobre Weinstein agora será contada por meio de um filme, apoiado pelas produtoras premiadas com o Oscar Plan B e Annapurna.

 

De acordo com o Hollywood Reporter , o enredo vai destacar as lutas de Kantor e Twohey com ameaças e intimidação durante a investigação.

Tags

posts relacionados

posts recomendados