Wellness

Tadashi Kadomoto fala sobre sucesso das lives e dá dicas sobre meditação

Não pensar em nada é uma grande ferramenta contra a ansiedade
Reading time 5 minutes

Tadashi Kadomoto virou a sensação do Instagram quando o assunto é relaxamento, com suas meditações guiadas duas vezes ao dia (06h00 e 20h00). Atualmente, mais de 30 mil pessoas acompanham a prática recheada de boas vibrações. Batemos um papo com o terapeuta transpessoal sobre como o “não pensar em nada” pode nos ajudar em momentos delicados.

L’Officiel - Suas lives de meditação chegaram em um patamar incrível de mais de 30 mil espectadores. O que você acha que motiva as pessoas, cada dia mais, a participarem?

Tadashi - Os resultados e evidências apresentados pelas pessoas que estão meditando. As pessoas também estão buscando alguma coisa que ajude a tirá-las do estado de sofrimento - e a meditação é o melhor caminho para isso.

 

 L’Officiel - Você seguirá fazendo lives a médio prazo?

Tadashi - Aplicando um dos benefícios da meditação, que é viver o momento presente, eu respondo que hoje estou fazendo as lives. Amanhã nem sei se estarei vivo, mas tenho sim a intenção de continuar.

 

L’Officiel - Você acha que as pessoas estão conhecendo ou encarando de forma mais escancarada questões de saúde mental, por causa do isolamento social?

Tadashi - Sim. Sinto que muitas pessoas começaram a se conscientizar da necessidade de cuidar da saúde mental nesta crise. O que antes da pandemia era bobagem, como cuidar dos sentimentos como o medo, a insegurança e a ansiedade, agora passou a ser prioridade.

L’Officiel - Mesmo antes do isolamento, índices de transtorno de ansiedade e depressão só crescem no Brasil. Você acredita que a meditação pode ser uma aliada para a melhor qualidade de vida dentro do campo da saúde mental?

Tadashi - O Brasil é o segundo país mais ansioso do mundo. E a ansiedade hoje é considerada o mal do século. A meditação pode ajudar muito neste processo de administrar melhor a ansiedade com certeza.

 

L’Officiel - Tem pessoas que relatam não conseguir meditar. Quais conselhos você dá para elas?

Tadashi - Existem pessoas que tem um pouco mais de dificuldade mesmo. Sugiro que faça meu desafio de 21 dias consecutivos meditando. Ou seja, persista.

 

L’Officiel - Podemos escolher atividades prazerosas como formas de meditação ou exercícios de mindfulness? Por exemplo, pessoas que adoram mexer com plantas ou cozinhar?

Tadashi - Sim. Se fizermos qualquer atividade com prazer e manter atenção plena neste momento, estaremos em estado meditativo. Por exemplo, podemos cozinhar mas estar 100% focado no momento. Fazer atividade física e manter atenção plena em cada movimento também.

 

L’Officiel - Você poderia indicar livros, filmes ou músicas que têm o poder de melhorar o dia, mesmo que por alguns instantes?

Tadashi - Livro: Porque o Budismo funciona. Filme: Milagres no Paraíso e A Cabana. Músicas: Sugiro que escute as músicas e sinta onde tocam no corpo. E monte sua playlist de acordo com o prazer, concentração e relaxamento que elas provocam.

 

L’Officiel - Qual conselho você dá para pessoas que estão se sentindo mal - ansiosas e tristes - neste momento?

Tadashi - Meditem por 21 dias consecutivos. Participem das minhas lives no meu instagram (@tadashikadomoto) - 6h e 20h - para aprender a meditar e sentir os benefícios.

 

 

 

Foto da capa: Cliff Booth no Pexels.

Tags

posts relacionados

posts recomendados